FRAGMENTO DE LÁPIDE FUNERÁRIA - ÉPOCA ROMANA

Data da notícia: 19, Maio 2020

FRAGMENTO DE LÁPIDE FUNERÁRIA - ÉPOCA ROMANA

 Foi Roma que introduziu no território lusitano as primeiras estruturas políticas e administrativas de uma forma organizada. A cidade romana de Collippo representa para a Batalha um primeiro espaço de evolução na construção de uma ideia de cidadania e de direito. 

Collippo nasceu sobre o povoado túrdulo da Idade do Ferro, conquistado pelos romanos. De Roma, recebeu por volta do ano 70 d.C., o estatuto de município, o que conferiu aos habitantes autóctones o direito de cidadania romana, com os privilégios inerentes a esse estatuto.
Transformou-se pelas suas excelentes condições geo-estratégicas, na cidade mais próspera da região, beneficiando da importante estrada litoral que ligava Olisipo a Conimbriga.
A prosperidade económica e social de Collippo, que resultava de uma forte organização política e da ação empreendedora das famílias dominantes, manifestava-se através de estruturas públicas como o templo, as termas ou a praça pública, a que chamavam forum.  
Na cidade, existiria também um cemitério, no qual se utilizavam lápides tumulares com mensagens dedicadas, como hoje, aos entes falecidos. 
 
Este fragmento de cipo ou lápide, em calcário marmoreado da região, foi encontrado em Forneiros, em 1947, entre os destroços de um palheiro. 
Em letras romanas, sempre maiúsculas, angulosas e harmoniosamente proporcionais, distinguem-se ainda algumas das palavras esculpidas… no Latim de então, o pequeno retalho revela: “… de setenta anos. Consagrado aos deuses Manes”.
De acordo com a arqueóloga Isabel Brás, não é possível, neste fragmento, distinguir nem o dedicante nem o defunto, mas as suas características e os dados epigráficos que ainda subsistiram levam-nos a supor que, que continha, uma dedicatória a alguém que faleceu, um seu ente querido. 
 

CONTEÚDOS ÁUDIO E VÍDEO

Audiodescrição: soundcloud.com/user-703797746/museu-da-comunidade-concelhia-da-batalha-lapide-romana

Língua Gestual Portuguesa: youtu.be/qjclO291bDw